sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Skins NS: valores contra o sistema

Às vezes damos graças aos deuses por não generalizar ou por não fazer de uma pessoa modelo geral de um grupo atribuindo qualidades concretas de uma pessoa a uma infinidade de membros de uma mesma coletividade, o que a retórica clássica chamaria "pars pró toto ou totum pró parte" (a parte pelo todo ou o todo pela parte) dando lugar a uma metonímia.

Tudo isto por que? Muito simples. Sabido é que os Skinsheads NS são um grupo ativista e combatente onde estão, os quais não se escondem, os quais assumem suas responsabilidades e seus atos, os quais organizam shows, os quais levam a gente mais jovem, através da música, à conhecer o espírito NS e a história de nossa tradição,... Tudo isto e bem mais, não cabe dúvidas, tudo isto com seus defeitos e suas virtudes mas, há um problema; de vez em quando te encontras com sujeitos e indivíduos que embora sua fama, sua reputação em seu círculo de amizades é de prestígio e bem destacado não deixas de tornar-te duvidoso quanto a determinadas atitudes que vão além de beber umas cervejas. Em nada se diferencia um jovem do sistema à um destes e eu me pergunto: por que se fazem chamar NS e faz do NS uma bandeira quando sua atitude diante de sua vida dista muito de ser a de um guerreiro Nacional Socialista.

Precisamente o que nos une e nos diferencia do resto é exatamente isso, os princípios Nacional Socialistas. O penteado de uma NS SkinGirl a une ao movimento Skin (sharps, rede Skins...) e no entanto enfrenta, em certas ocasiões, mulheres que pensam como ela, as NS.

Os NS se unem no espírito combativo, não na vida no sofá; nos une a vida na natureza, não a vida urbana na qual nos vemos imersos sem querer-lo e nos toca viver; nos une o amor para com os animais, não só aos Pitbulls; nos unem os camaradas que pensam como nós e com os quais podemos falar sem que nos reprima a sociedade estabelecida, sejam cabeças raspadas ou não; nos une a rejeição ao sionismo internacional e tudo o que à eles implica, o american way of life; nos unem nosso trabalho na luta contra o sistema seja na frente que seja; nos une a honestidade, a honradez, a sinceridade, a força, a lealdade, o amor à nossa raça,... O amor à tradição Européia e à nossa memória histórica.

Quando algum destes que se faz chamar Skinhead NS me diz que não lhe importa a política mas que só a música e os shows e não uma apresentação cultural NS; quando pensa que um ideólogo ou intelectual NS molesta o movimento Skin; quando sua única meta é ir de bar em bar procurando brigas, falar do último cd de hatecore, RAC ou Oi!, e seu único crescimento intelectual é falar com gente de sua idade... Me pergunto: que classe de Skinhead NS é este?? Skinhead é possível, mas NS não, de forma concludente NÃO.

Continuo dando graças por conhecer pessoas dentro do movimento Skinhead NS que só por elas merece que esta divisão Nacional Socialista seja apoiada desde todos os círculos; skins éticos, ativistas, leais, honestos, com desejo de superação, com vontades de formação, com inquietude política e com um sentido muito alto do estilo NS. Por eles sempre se apoiará, pelos outros elementos...., Melhor não falar.

Vocês, os verdadeiros skins NS, vejam a quem tendes dentro, quem suja vosso nome e vosso estilo, e nossa sagrada palavra NACIONAL SOCIALISMO.
fonte:http://www.nuevorden.net/portugues/s_04.html

2 comentários:

  1. Infelizmente (ou felizmente?) poucos se entregam ao verdadeiro ideal, poucos juram verdadeiramente e com honra a Swastika sagrada!

    Fico com o felizmente, prefiro qualidade que quantidade. Como consta em um artigo do seu blog, os que não se encaixam devem ser excluídos e devem ser conhecidos por todos, complemento.

    Salve a Vitória!

    ResponderExcluir