quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Campanha contra a separação do Pará


"Ninguém nega que existem terríveis diferenças regionais históricas no Pará. Assim como existem diferenças regionais dentro do Brasil. É claro que as desigualdades precisam ser eliminadas para ajudar a resolver graves questões sociais e terríveis dramas humanos. Temos potencialidades e fragilidades em todas as regiões. Seja na capital ou no inteiror.

O Pará e o Brasil precisam se unir em torno de programas de integração e não de desintegração. Precisamos de políticas de desenvolvimento que incluam todos os municípios, regiões, populações e não separem e enfraqueçam a luta pelo progresso e por um crescimento amplo, sustentável, que una regiões, economia, ecologia e gente.

O Pará diz sim aos programas de desenvolvimento integrado. O Pará precisa de idéias e ações que costurem a bandeira de um estado forte, unido, inteiro. O Pará diz não ao retalhamento, ao esfacelamento. Vamos dizer sim a integração regional."

Fonte:http://www.frenteparanaoseparar.com.br/


Particularmente não conheço ninguém que more no Pará , nem ninguém que nasceu lá , porém acredito que caso separem o Pará em outros 2 estados (formando assim , Pará , Carajás e Tapajós) teriam mais deputados , senadores e governadores , o que iria facilitar o roubo de dinheiro dos cofres públicos , afinal , se já é difícil monitorar esse tipo de coisa em um estado , imagine se ele fosse dividido em três , outro motivo é a distribuição de renda do governo federal , que repassa novamente aos estados com base na necessidade , ou seja , estados mais ricos e com maior PIB pagam por estados pobres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário